Pensamentos Imperfeitos

Agosto 27 2009

E quantos dias fiquei eu com palavras a remoer na minha cabeça, textos inacabados, visões por escrever, frases por "ocultar" desta maneira. Precisei de, não reabrir este espaço porque já não faz sentido, mas abrir outro, um pouco diferente... Obrigada por tudo, por todos os comentários que deixaram...

 

http://silentsoul.tumblr.com/

 

 

Qualquer coisa sabem que estou sempre, aqui, deste lado!

publicado por Bolha às 12:59

Agosto 20 2009

 

Já algum tempo andavas-me na cabeça mas eu necessitava de ti, deste espaço, precisava da gratificação que era escrever aqui e, ver aquilo que fiz publicado, obtendo respostas, novas reflexões. Ontem fui capaz de dizer "Tem de Acabar.", e hoje estou aqui depois de mais um dia complicado e desgastante, para dar Time Out a este blog e finalizá-lo (acabar não porque é uma palavra feia!). É isso mesmo, sinto-me confiante o suficiente para largar este grande pedaço, porque irei Reescrever a História e desta vez, aquilo que ficará escrito guardarei para mim ou, se quiser, mostrarei a pessoas que me são importantes. Não necessito de feed-back, estou bem assim e assim sei que estarei num bom caminho. Não, este finalizar não é negativo, pelo contrário é um grande passo ! É verdade, mais um...


"Estás lá! Estás quase lá pequenina..."


Vamos desacelerar pois, vamos devagar que o tempo é infinito e sei que estará, agora mais que nunca, a meu lado.

 

 

É óptimo ter o meu espaço.

É verdade eu posso criar o meu caminho, eu escolho!

(Obrigada Inês, nesta tarde abriste-me a cabeça e fizeste-me pensar. És daqui <3 sabias? )

 

 

A Bolha daqui sai, o seu mundo continua mas, com diferenças... Uma delas? Está mais aberto. O Mundo da Bolha finalmente está a tornar-se um mundo melhor e eu, estou a Gostar!

 

 

 

Agora vamos virar a página...


Obrigada a Todos.

 

publicado por Bolha às 22:15

Agosto 17 2009


 

Foi só um tom de voz um pouco acima do normal. Foi o não grites comigo ou o não te chateies. Foi o querer estar perto de ti e querer daqueles teus abraços, daqueles nossos dias, daqueles intervalos a ir ao café rotunda... Às nossas aulas (de português com a Claudinha Venâncio ou a de Matemática de manhã com o prof. Mário Rui! Então e as de psicologia com aquele sujeito com um caracol tão sexy? ^^), ao grupo de AP, aos bons tempos passados. É as saudades...


É as saudades tuas, deles, de todos. De me fazerem rir e esquecer por momentos.

São os bons tempos, é sentires que estás/estão perto.



Adoro conferências ao telefone, adoro sentir que estavam todas (ou parcialmente) ali.



Minha Ana, andas frágil, instável.

Não questionem.



(Hoje tive fobia de sair de casa até me telefonares. Ver pessoas? Falar? Ir lá para fora? Nem pensar. Em casa? Também não se estava bem, há um sitio que onde queria estar mas esse não é propicio à realidade. À tarde, praia com a Mãe e os Irmãos, foi o à vontade, o sentir bem, recuperada. Obrigada a muitas pessoas neste momento. Amanhã o dia será melhor.)


Agosto 15 2009

 "A vida não é triste, tem horas tristes."

 

Lembro-me de tudo o que tive, do que tenho e poderei vir a ter... Deixo o meu corpo relaxado, invadido pelo clima do ar e pelo som que se propaga calmamente. Novamente aqui, na casa que é minha, novamente no meu espaço... Abro todas as portas, ligo o som do rádio, lixo-me para os vizinhos e ponho no máximo... Salto, solto o cabelo, deixo-o voar livremente... É meu, tudo o que salta é meu e só meu, o meu corpo, possuo-o, sou eu que trato e cuido dele. Se não gosto destruo, se o adoro abraço-o... Hoje o dia começou da melhor maneira, com um sorriso, com aquele bem-estar de estar com quem estou, de possuir a tal compreensão... Hoje o dia foi para a minha família e para mim... Hoje fui minha por horas, hoje olhei para a imagem reflectida e disse: "You are crazy!", e mais uns tantos saltos e passos para além e para cá... Abrir e fechar de luzes, a casa rodou para mim, respirou oxigénio, sentiu-se viva, ouvi-a por instantes.


 

Não, hoje não apareceste tu, aquela Ana que assusta, que possui olheiras, sem brilho, inchada de tantas lágrimas e angustias por derramar...

Não, hoje estava leve que nem uma pena . . .


Um pequeno canto, sabes aquele sitio ? Como é que explico . . . A tua pequena bolha que te separa do mundo na qual pensas, reflectes, sais de ti . . . Voas ! Quando te sentes verdadeiramente livre.
Photobucket
mais sobre mim
Agosto 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
14

16
18
19
21
22

23
24
25
26
28
29

30
31


comentários recentes
tenho muito orgulho em ti <3
Adoro ler o que escreves, vai custar um pouco não ...
Olá mais uma vez, não tenho vindo aqui à tua bolha...
nao acredito ;(fg nem acredito k vou deixar de aco...
http://asnossaspalavrasperdidas.blogs.sapo.pt/Visi...
Será um dia melhor de certeza. =)
Oláá :D Venho só informar-te do meu novo blog : ht...
há vidas tristes.
Equilíbrio é fundamental para a nossa caminhada na...
Oláaa* Minha QuerIda Bolhinha* =)Ontem adormeci co...