Pensamentos Imperfeitos

Junho 26 2009

 

Não sei se são insónias ou o terror à flor da pele, não sei se devo pensar nesses pensamentos ou tentá-los afugentar como normalmente faço. Não sei se dói ou continua a derramar lágrimas, não sei o que é, um misto talvez?

Pois, às vezes vem esta nostalgia, melancolia talvez. Vem e recai sobre mim como se uma capa preta se tratasse. Sim, odeio por vezes todos estes pensamentos positivos que transporto para aqui e para o meu dia-a-dia, odeio na pessoa que me transformei e odeio a pessoa que era, por vezes sim odeio tudo. Desde à natureza ao resto das pessoas, desde o conceito fabuloso de viver, ao contacto com os outros e novas experiências. Por vezes volta a "Ana", e começo a ver o mundo à sua maneira. Não tem piada, nada mexe ou transporta alegria, são apenas conjuntos mal feitos por alguém que ninguém sabe, é lixo pisado, torturado e mal reciclado. O que a move? O nada, o fim, a questão intermitente de "O que é que estas pessoas fazem todas aqui? Burras, não vêm ridicularmente nada!". Não quero falar ou desabafar, deixem-me, deixem-me estar com o meus botões e lamúrias idiotas e sem sentido, pode ser que volte, que volte o ciclo, aquele, infindável e difícil de passar. Eu, agora, penso muitas vezes que sou alguém mas, estou errada, movo-me assim porque se não me mover como é? Não sou nada e nada faço, sou inútil aos olhos dos outros e toda a filosofia de merda que me segue é apenas isso, merda pura e crua! Desculpem o termo, deculpem eu ser toda positiva e tal, desculpem eu sorrir e ver coisas bonitas, vejo mal? Pois, já não sei se foi uma forma de me defender da verdade. Odeio, odeio tudo.

 

Não e eu não choro, não choro porque a Ana é feliz, a Ana consegue tudo, a Ana é forte e rege ventos fortíssimos e abre um caminho ao longo do mar.

Mentira.

Sim, sinto-me agora cansada com falta de forças, não foi culpa de ninguém apenas sou eu, eu sou o problema sério da minha rotina, da minha existência. Eu não devia ser assim ou pensar como penso. Não devia, devia conseguir partilhar isto, a beleza de viver, com quem precisa e não consigo. Devia estar como muitas pessoas, com falta de esperança nisto, na merda de mundo, sociedade em que vivemos. Devia de ser tão mas tão negativa. Devia não acreditar em mim, nem um pouco de confiança. Sim Ana, porque um dia vais cair, chapa no châo.

Sim, porque no fundo ainda está lá o bichinho: "Isto é uma porcaria!"

Cansei-me, quase desisti... Então Ana és forte ou não? Pois, parece que já sei a resposta!

(desabafo, um grande desabafo, pensamentos, palavras que não saem da minha cabeça. Desculpem!)

Isto passa, como tudo, simplesmente passa e vai.

 


Junho 24 2009

 

Mundo meu deixas-me sem palavras a cada dia, deixas-me de boca aberta e de olhos esbugalhados, duas grandes pérolas azuis piscando...

Fascinas-me como és, como te movimentas e como funcionas. Honro-te por aquilo que me deste e me dás. Mundo Meu...

E se eu te dissesse que estou escrevendo uma história sobre ti na minha mente? Não é mais uma simples história, é um conjunto de letras, rimas, cores e imagens reunidas num só... Será que um dia quererás ler? Será que pararás o teu tempo escasso, colocas um espaço na tua agenda, e sentas-te comigo naquele banco de jardim ouvindo o que te tenho para dizer? Eu gostava muito, gostava muito que me desses um pouco de atenção Mundo Meu.

 


Um riacho correndo, um mar agitado devido à fuga da sua musa, um vento que faz arrepiar as árvores adormecidas, a chuva regando e purificando a tua terra (Será ela o teu choro?), o sol queimando-me as costas como se a cada instante quisesses chamar-me a atenção, as montanhas lá longe estremecendo do tamanho peso que têm de suportar, as flores tentando gritar as suas cores por esta atmosfera fora, o pólen voa e as abelhas cantam de alegria.

 

Ouve-se barulho, pessoas na rua falando, dialogando, mas ninguém pára Mundo... Ninguém te ouve. Deixaste de falar? Desististe? Não, transmite-me o que tens para mostrar, mostra-me, estou curiosa...

 


Finally Férias !

Hoje andei, andei de um lado para o outro, pensei, raciocinei. Hoje tive um dia para mim, há muito que precisava. Eu e Eu, um só juntos.

Penso demais? Não, é exactamente isso a minha fonte de alimentação.

Quem não sabe, sou assim.

Estas Férias: voluntariado na apatris 21 (entrevista na sexta! ^^).


 

Liberdade.

Voa, voa porque agora sabes o teu rumo.

Desligada de preconceitos, cerimónias ou indelicadezas.

Por vezes sim, estou desligada do mundo.


Junho 21 2009

 

Pois, era suposto estudar e fazer todas as resmas de folhas e livros que me deram para fazer, era suposto estudar que nem uma louca e ter força interior para fazer isso tudo, não para tentar entrar na faculdade (porque isso está garantido) mas sim, devido a orgulho próprio, a querer ter uma notinha até bem alta mas prontos... Chegando ao fim deste fim-de-semana concluo que os fusíveis foram-se e que a "disposição" e a "força" para isto foi-se. Quero que chegue imediatamente Terça-Feira, não quero ouvir que estudei pouco, não quero ver a cara da minha explicadora. Não! Quero que me deixem ir fazer o exame calma e segura de mim, afinal não é necessário fazer triliões de exercícios. Diremos que necessito de ficar calma, já que não tenho dormido nada e só tenho pesadelos! A sério à muito que não me dava nada disto.

 

 

Pois, foi isso, fiz Greve!

 

A minha casa é grande e passei os dias sozinha, de um lado para o outro a remoer-me para estudar... De noite pensava em todos os planos pós-exame, diria que para o próximo fim-de-semana vou para Lisboa arrumar o meu "próximo" quarto na casa dos vóvós, retirar os móveis, organizá-los e traçar planos, lista de ikeas e afins. Estou é a ver que o meu quarto aqui, vai ficar todo vazio já que não me vejo sem nada do que tenho aqui!


E mais, é logo na Terça...

Vou à Praia e está decidido !

 


(Reparem pelo post! Estou a ficar maluca após duas semanas intensivas a estudar que nem uma doida! xD Se tiver 16 aos dois exames e contando como o de BG e de Mat. como específicas, com peso de 30%- não tenho a certeza-, fico com nota de candidatura de 171,9! Nada mau! ^^ Sim, estou satisfeita. Lol)

 

 

São nestes momentos que a passagem do tempo irrita-me, e que tal mais depressa, não?


 - Prontos ok Consciência, eu vou pegar nos livros mas só à noite ! -


Junho 19 2009

Despeja, retira tudo o que tens. Solta-te, sente-te livre, livre de preconceitos e cerimónias. Fecha os olhos e esquece por momentos. Esquece por momentos que o mundo é assim ou assado, que tens de fazer isto ou aquilo, que está próximo o fim ou o começo. Esquece, esquece isso. Afasta a capacidade de pensar e raciocinar, esquece a capacidade de analisar e justificar.

Esquece por momentos que está um calor horrível e que tens de fazer milhões de exercícios de matemática, esquece que és organizada e és boa aluna. Esquece por momentos tudo o que te rodeia, tudo o que te liga a diversos contextos. Esquece. Aconselho-te a sair um pouco, aconselho-te a viver mais, números para que te quero? Eu valho números, eu, tu e todos nós. Uma pessoa reduzida a um número, justo ou injusto, um número escrito num papel. Esquece, esquece que te submetes, essencialmente vive para ti e para o que és, vive porque mereces. Vive para melhorar a cada segundo, melhorar e aumentar a tua capacidade mental, crescer mentalmente.

 


Dentro de uma caixinha bem bonita guarda tudo, desde os sorrisos aos dias estúpidos, guarda tudo e avança com a tua caixinha.


Virão agora surpresas, dias novos, coisas novas. Luzes, movimento...


Venham, venham eles...

 

 

(e apetece, apetece escrever até o dedos não conseguirem mais. Sim, hoje vejo uma pequena gota de água e posso escrever sobre ela. Minhas meninas!)


Um pequeno canto, sabes aquele sitio ? Como é que explico . . . A tua pequena bolha que te separa do mundo na qual pensas, reflectes, sais de ti . . . Voas ! Quando te sentes verdadeiramente livre.
Photobucket
mais sobre mim
Junho 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
20

22
23
25
27

28
29
30


comentários recentes
tenho muito orgulho em ti <3
Adoro ler o que escreves, vai custar um pouco não ...
Olá mais uma vez, não tenho vindo aqui à tua bolha...
nao acredito ;(fg nem acredito k vou deixar de aco...
http://asnossaspalavrasperdidas.blogs.sapo.pt/Visi...
Será um dia melhor de certeza. =)
Oláá :D Venho só informar-te do meu novo blog : ht...
há vidas tristes.
Equilíbrio é fundamental para a nossa caminhada na...
Oláaa* Minha QuerIda Bolhinha* =)Ontem adormeci co...