Pensamentos Imperfeitos

Abril 30 2009


É mesmo assim. Tantas mas tantas vezes que o silêncio nos penetra de modo profundo. Esquecemos o mundo, esquecemos como se fala. Não queremos ouvir nada.


Desejamos Simplesmente Que o Mundo se Cale Para Conseguir Ouvir a Nossa Mente.


Quantas vezes é tanto o barulho que eu não me consigo concentrar em mim mesma? São ruídos de fundo que nos penetram os tímpanos, são revoltas exteriores, discussões, conversas fúteis que conseguiram de algum modo provocar em nós alguma sensação, são preocupações desnecessárias para o nosso rumo... São stresses mal medidos.


É aquele aperto não no coração, mais profundo ainda, onde dói e com força. Esse aperto por vezes, em mim, tende a durar dias e dias. Não sei a razão.

Disse à pouco tempo, "Talvez o meu problema seja pensar demais.".


Devido a uma vez ter perdido o rumo de tudo, tenho medo de perder este. Estou sempre tentando focalizar a essência da vida, que outros detalhes que nos "contagiam" não me façam perder o caminho.

Por vezes não consigo e deixo-me levar, mas tenho a plena noção e consciência de onde me meto e que a determinada altura tenho de sair.


"Respiro, páro e penso para saber o que é melhor."


É isso Inês, ainda não tenho confiança em mim, não me sei dar valor, aos poucos vai lá. Por muito que pareça contrário já me disseram que o facto de pensar sempre que os outros não gostam de mim, que sempre que dizem algo é para me mandar ao chão, e não acreditar quando dizem "Tens valor." não é por falta de confiança em mim mas sim, exactamente, nos outros. Acho que é um pouco dos dois.


Por vezes prefiro ficar em silêncio e pensando à minha maneira com medo que as minhas ideias sejam barbaridades nos ouvidos de outrens. Gosto de falar e pensar, gosto de expressar o meu modo de vida mas apenas com quem merece e com quem tenho a tal "confiança".

 

 

Fiquei em Silêncio Cerrado durante, talvez, demasiado tempo. Estragou-me, corroeu por dentro. Nada é irreversível, é isso que ponho em prática, nada está perdido mesmo nos últimos casos.

 

Há silêncios que não são bons outros até, na minha prespectiva, contrários, tendo a função de conservar o que de melhor achamos ter.



Há silêncios que perdi.

Muitos até. Não consigo guardar para mim.

O que é que acho?

Foi a melhor coisa que fiz até hoje, foi o melhor que perdi.

Dizem que mudei. Es verdad. E ainda bem.


Agora pensem comigo, recuem quem me conheceu antes...

Uma margem de um simples ano !

Foi com esforço, foi com luta, foi cair e levantar vezes e vezes sem conta, foi não desistir. Foi pensar sempre que haveria algo de bom ao fundo do túnel.

 

Esperança?


Sim.

publicado por Bolha às 00:13

esse 'Es verdad' resulta da conversa que tiveste ao telefone não? :P

maior beijo <3
té* a 30 de Abril de 2009 às 19:41

^^ . Como é que acertas-te? Ahah. Não me irritar com o espanhol? É impossível. =S
maior beijo. <3
Bolha a 1 de Maio de 2009 às 09:14

e não te passes com o espanhol xP
té* a 30 de Abril de 2009 às 19:42

Pelo que percebi, fazes o mesmo que eu, pensas demais nas coisas e sofres com esses pensamentos. Por vezes é melhor deixar as coisas fluir e esquecer um pouco o bom ou o mau, o certo e o errado, a opinião dos outros e as consequências disso.
E não penses só para ti, não guardes como eu muita vez guardei. Por esse motivo deparava-me com momentos em que chorava desalmada ser saber bem a razão, mas era a maneira de deitar tudo cá para fora. Fala, nem que seja com plantas ou animais, até mesmo com a Natureza, com o mundo, exterioriza aquilo que sentes e pensas para que te sintas solta.

Beijinho.
Cate a 30 de Abril de 2009 às 19:47

Como eu te percebo ! Há coisas que exteriorizo outras que não. Por vezes a minha salvação é mesmo chorar. Arranjamos sempre algo para libertarmos o que está cá dentro. A solução é mesmo não deixarmos acumular. Soltar como dizes para nos sentirmos livres.
Beinhos
Bolha a 1 de Maio de 2009 às 09:18

Uh pensar demais, como sei perfeitamente o tormento que é o eterno pensamento, a eterna questionação e reflexão.

Também me calo muitas vezes. Não sei se é bom. Se não. Talvez melhor do que falar muito.

Beijinhos
Marta a 30 de Abril de 2009 às 19:52

Pois. xD
Beijinhos
Bolha a 1 de Maio de 2009 às 09:19

o silencio nem sempre é a melhor solução.

beijos
Açucena a 30 de Abril de 2009 às 20:24

Tens razão, nem sempre, temos de nos questionar quando o silêncio se torna a melhor solução !
Beijinhos
Bolha a 1 de Maio de 2009 às 09:20

Silêncios perdidos.
Palavras que ficarão por dizer...
Arrepende-te daquilo que dizes e não do que nao disses-te... Um dia mais tarde ficarás com remorsos maiores por ter ficado algo por dizer, (caso seja este o caso :D)
Beijinho*
be-or-notbe-dois a 1 de Maio de 2009 às 00:03

=D
Beijinhos
Bolha a 1 de Maio de 2009 às 09:22

Adoro os teus post's...
E percebo algumas coisas que transmites em alguns deles.
Beijinho*
Dreamer a 1 de Maio de 2009 às 01:45

Sim uns devem ser um pouco confusos, lol. Mas ainda bem que gostas ! ^^
Beijinhos
Bolha a 1 de Maio de 2009 às 09:23

Um pequeno canto, sabes aquele sitio ? Como é que explico . . . A tua pequena bolha que te separa do mundo na qual pensas, reflectes, sais de ti . . . Voas ! Quando te sentes verdadeiramente livre.
Photobucket
mais sobre mim
Abril 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9

16
18

20
22
24
25

27
28
29


comentários recentes
tenho muito orgulho em ti <3
Adoro ler o que escreves, vai custar um pouco não ...
Olá mais uma vez, não tenho vindo aqui à tua bolha...
nao acredito ;(fg nem acredito k vou deixar de aco...
http://asnossaspalavrasperdidas.blogs.sapo.pt/Visi...
Será um dia melhor de certeza. =)
Oláá :D Venho só informar-te do meu novo blog : ht...
há vidas tristes.
Equilíbrio é fundamental para a nossa caminhada na...
Oláaa* Minha QuerIda Bolhinha* =)Ontem adormeci co...