Pensamentos Imperfeitos

Maio 02 2009


Queres encontrar-me?

Procura-me . . . Procura-me na praia, num dia ventoso, no meio do areal embrenhada na leitura.

Encontra-me perto da ria, no meu local preferido, onde passa o comboio e a natureza está logo alí ao lado. Passa por lá, perto do pôr-do-sol, e encontras-me.

 


Se um dia encontrares uma rapariga a correr, tem atenção se sou eu.


Não tenho raios de luz nem nada que pareça. Não sou nada de especial, à primeira vista nada que encante. Eu mostrava-te, se fosse capaz, tudo o que descobri e guardo preciosamente dentro de mim. Mostrava-te como funciono, como o meu sorriso sai de mim e como as lágrimas caem sem cessar. Mostrava-te, se procurasses.


Se encontrares, por acaso, uma rapariga a sorrir sozinha para o nada ou então para um animal que atravesse no caminho dela, pára e pensa: "Será?".

Nesses dias estou mesmo bem.


Quando percorro esta cidade que dizem que é minha, estou sempre no meu mundo, de phones nos ouvidos. Adoro a minha liberdade, dizem que tenho valor e que sou forte. . . Capaz.

Dizem também que sou uma boa amiga, acredito.


Considero-me diferente mas igual a todos os outros. Particularidades? Adoro rir, estar rodeada de pessoas de quem gosto, sou muito carinhosa e adoro dar beijinhos. Digo muitas vezes que tenho momentos, sim, do nada dá-me para chorar, mas a sério. A almofada fica encharcada e os olhos bem vermelhos. Quando não consigo suportar isto sozinha, telefono a alguém. Considero-me chata nesse aspecto, porque ninguém tem que aguentar com estas cenas. Enfim.


Se um dia estiveres a minha procura avisa-me. Se não tiveres boas intenções afasta-te, também não te quero.

 

Só te aviso, vais meter-te com um ser estranho.


Procuro a simplicidade das coisas, procuro a simplicidade do meu ser.


"Eu sei que tudo é melhor agora, mas porque foste tu que tornaste melhor os tempos de hoje. Apoio o teu crescimento e a tua mudança, no fundo foi sempre o que precisaste mas, se por um lado não podes esquecer o que aconteceu à um ano, para não voltares a cometer os mesmos erros, por outro também é um erro esqueceres, ou lembrares-te pouco dos tempos que também foram bons. Tudo teve pontos positivos e negativos, e o que aconteceu à um ano? Agradece também que tenha acontecido, foi um ponto de viragem, foi a mudança, sem isso não eras quem és hoje. Sim, mudaste, ainda bem! Mas apenas acrescentaste pontos, vírgulas, reticencias e parágrafos à tua história inicial! Porque aquilo que eras, ainda és, apenas com uma base de dados mais rica e uma redacção mais livre! Peço-te que te foques no presente que é o único que tens a certeza que vais viver, mas não esqueças o passado que te construiu..."

 

Vindo de uma pessoa que me conheceu até à raiz.

A ela agradeço do fundo do coração.


Transparência.

Nostálgica.


Aquele texto em itálico, faz-me lembrar uma coisa que costumo dizer quando me perguntam se me arrependo de alguma coisa que fiz no passado, ou que fui e eu nessas alturas digo: Não me arrependo do passado pois sem ele não seria o que sou hoje e eu gosto deste hoje.
Adoro a música do teu blog, super calma... relaxa-me.
(: ** beijinhos.
Cate a 2 de Maio de 2009 às 16:59

Eu adoro os teus post sweet *.*
Kissinhos
Ti emo <33333333
xXxBlackyEmoxXx a 2 de Maio de 2009 às 23:54

Ás vezes estamos bem... e de um momento para o outro parece que vamos completamente abaixo.
Ultimamente tem-me acontecido isso algumas vezes...
Ás vezes tenho vontade de sair, fico entusiasmada e tal... mas depois, o que me apetece é não ter saído de casa.
"Enfim." Fases...

Beijinho*
Dreamer a 3 de Maio de 2009 às 01:05

o mais bonito em ti é o sorriso interior que dás a quem te pede. e o que mais admiro em ti é o teu ser unico que ainda acredita que, perante uma imensa arrogância da vida, existem pedras falantes ou ventos vivos.
se gosto? sem fim <3
Joana a 3 de Maio de 2009 às 01:07

Essa pessoa tem toda a razão :) São todas as coisas que nos acontece, boas e más, que no moldam, que nos fazem crescer, que nos fazem ver coisas que antes não víamos com tanta clareza, são essas coisas que nos tornam felizes ou triste... São essas coisas que fazem com que o nosso eu seja mais complexo, mais próprio, mais nosso...
Sê feliz :)

Beijinho.
Nhanha a 3 de Maio de 2009 às 12:18

pra quê palavras
se as pétalas de uma
enaladas e lidas são fragancias de tanta cor...







jabeiteslp a 3 de Maio de 2009 às 22:03

Um pequeno canto, sabes aquele sitio ? Como é que explico . . . A tua pequena bolha que te separa do mundo na qual pensas, reflectes, sais de ti . . . Voas ! Quando te sentes verdadeiramente livre.
Photobucket
mais sobre mim
Maio 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

11
13
15

18
19
23

25
27
29
30

31


comentários recentes
tenho muito orgulho em ti <3
Adoro ler o que escreves, vai custar um pouco não ...
Olá mais uma vez, não tenho vindo aqui à tua bolha...
nao acredito ;(fg nem acredito k vou deixar de aco...
http://asnossaspalavrasperdidas.blogs.sapo.pt/Visi...
Será um dia melhor de certeza. =)
Oláá :D Venho só informar-te do meu novo blog : ht...
há vidas tristes.
Equilíbrio é fundamental para a nossa caminhada na...
Oláaa* Minha QuerIda Bolhinha* =)Ontem adormeci co...