Pensamentos Imperfeitos

Julho 13 2009

 

No silêncio das estrelas deixaste-me estar, no silêncio da noite fico por aí, talvez perdida sem nada a fazer. Rebolo e rebolo, tento adormecer porque assim o tempo passa mais depressa. Imagens, recordações, momentos passam na minha cabeça como se de um filme se tratasse. Olho para o "a seguir", Meu Deus, tanto para fazer, tantos mistérios que até fazem moça, tantos segredos, tantas interrogações! Depois passo para o "agora" onde nada se desmistifica, apenas corre como o sangue nas veias. Não sei o que queres que te diga Coração meu, nem faço a mais pequena ideia. Olha para mim, directamente para os meus olhos. Olha na profundidade da alma e diz-me o que vês que eu estou confusa e quase cega. Se me vendaram os olhos por dentro? Só se fui eu mesma mas, por agora ajuda-me a não cair e leva-me pela tua mão quente, na qual tantas vezes confiei o mais profundo de mim. Houve momentos sim, apenas teus e meus, oh se houve! Não queiras sair do meu peito, caminhando mais depressa que eu, anda ao meu ritmo, anda, não me deixes.

 

 

 

 

E sim, sinto a alma irrequieta !

 

 


 

Hoje 2 horitas de condução para perder o medo logo pela manhã! ^^

Hoje cinema, sentindo-me bem, e não, não me escapas! xD (amanhã vai ser bonito!)

Hoje falando com a minha Nês ao telefone, que me faz rir e rir.

Hoje também ler, "O vendedor de Sonhos"

 

(Cheguei a esta fase! Candidaturas ! Nunca pensei recear tanto. =S )

 

 

 

Hoje acordei com um sorriso disfarçado, hoje o dia em princípio irá correr melhor!

 

 

 

 

"A tua ajuda é preciosa e, claro, ajudo-te sim."


Junho 19 2009

Despeja, retira tudo o que tens. Solta-te, sente-te livre, livre de preconceitos e cerimónias. Fecha os olhos e esquece por momentos. Esquece por momentos que o mundo é assim ou assado, que tens de fazer isto ou aquilo, que está próximo o fim ou o começo. Esquece, esquece isso. Afasta a capacidade de pensar e raciocinar, esquece a capacidade de analisar e justificar.

Esquece por momentos que está um calor horrível e que tens de fazer milhões de exercícios de matemática, esquece que és organizada e és boa aluna. Esquece por momentos tudo o que te rodeia, tudo o que te liga a diversos contextos. Esquece. Aconselho-te a sair um pouco, aconselho-te a viver mais, números para que te quero? Eu valho números, eu, tu e todos nós. Uma pessoa reduzida a um número, justo ou injusto, um número escrito num papel. Esquece, esquece que te submetes, essencialmente vive para ti e para o que és, vive porque mereces. Vive para melhorar a cada segundo, melhorar e aumentar a tua capacidade mental, crescer mentalmente.

 


Dentro de uma caixinha bem bonita guarda tudo, desde os sorrisos aos dias estúpidos, guarda tudo e avança com a tua caixinha.


Virão agora surpresas, dias novos, coisas novas. Luzes, movimento...


Venham, venham eles...

 

 

(e apetece, apetece escrever até o dedos não conseguirem mais. Sim, hoje vejo uma pequena gota de água e posso escrever sobre ela. Minhas meninas!)


Junho 07 2009

 

As saudades apertam quando tudo parece ter chegado ao fim não é?

 

 

Já tive o meu baile de finalistas, fui finalista. Dancei, cantei, dei voltas e voltas na pista de dança. Ri e chorei lágrimas de saudade antecipadas, tive uma noite incrível, carregada de sentimentos, olhares e momentos únicos. Observei de fora, todas as pessoas que tinha a meu lado naquele momento e que estiveram presentes na minha vida durante todos estes anos. Amigos recentes ou de longa data, amigos com quem partilhei risos, choros, vivências únicas, amigos que nos piores momentos estavam lá, grandes amigos para apoiar e dar tudo de mim, amigos para desabafar e gritar, amigos para ir de manhã para a escola e estar horas ao telefone, amigos para escrever as introspecções e reflexões, amigos com quem partilhei uma grande parte da minha vida, amigos para olhar bem fundo do olhar, grandes amigos da minha vida e dos quais nunca irei esquecer. Pessoas extraordinárias, cada uma com um perfil que me completa e me faz falta, aqueles amigos que todos desejariam ter, amigos que nos compreendem e gostam da nossa companhia, amigos que não nos julgam e nos aceitam, amigos simplesmente puros, boas pessoas, aos quais quero proteger de todo o mal que por aí corre.

 

 (sorriam comigo sim?)

 

 

Agora será diferente, agora iremos crescer formar ideais dentro de diferentes contextos, diferenciando-nos uns dos outros. Por muito que digamos que será igual, esse igual não terá o verdadeiro significado. Mas, meus grandes amigos, do meu coração não saiem, vocês e todos os momentos que partilhámos juntos ficarão congelados num grande espacinho dentro de mim.

 

 

Agora é aproveitar este verão, combinar montes de cafés depois, sempre que pudermos!

Resta-me simplesmente agradecer-vos por tudo, desde os mais pequenos gestos até a terem-me mostrado o quanto a vida se torna bonita ao deixarmos crescer as diversas raízes que muitas vezes deixamos de dar importância. Com vocês cresci, cresci bastante, comigo levo um grande livro recheado de aprendizagens provenientes de vocês.

 

 

Irei sorrir, irei sorrir por vocês, irei espalhar toda a energia que me transferiram e mostraram.

 

Com vocês fui Feliz. São os melhores amigos.

 

A eles,

Joana Rosa, Inês de Brito, Susana Domigos, Rita Simão, Telma Filipa, Sónia Costa, Bernardo Salvador, Pedro Monteiro, Miguel Guia, Patrícia Ganhão, Maria Inês, Ana Teresa, Raquel Ceriz.

 

Uma Grande Homenagem.

 

(agora exames com eles e fazer tudo o que programei para as férias ! xD )


Junho 03 2009

 

Tenho medo, tenho medo de levar esta vida demasiado séria, tenho medo de levá-la demasiado na descontra.

Tenho medo de não ter objectivos, tenho medo de entrar na rotina e ser levada pela corrente sem expectativas.

 

 

Tenho medo que venhas de novo e me absorvas com o teu poder. Tenho medo que voltes e me faças chorar de novo, tenho medo que venhas e tentes destruir-me de novo. Tenho medo de perder o rumo, tenho medo de deixar novamente de lado a essência de viver.

Tenho medo.

 

(imagem)

 

Eu luto agora, luto por algo que é invisível aos olhos de todas pessoas, os meus objectivos e força interior tornam-se ridículos ou apenas "da idade" para os outros. Para mim mesma, digo a estas palavras "Não", eu sei que a minha maneira de ver o mundo irá variar sim mas, o modo como diversas experiências me afectaram não voltará atrás. O tempo não volta, por muito que pedíssemos, o tempo já passou e pode ter-nos levado ao extremo que ele não quis saber. O tempo é egoísta, o tempo não perdoa, só se vê a si, nada mais o movimenta.

 

 

Irei viver assim, a lutar pelas minhas coisas mesmo que não percebam. Eu sei o que me move, eu sei que irei lutar sempre para possuir uma essência de viver, Sempre!

Não me interessa que pensem que não sou capaz ou que sou igual aos outros ! Não ! Se não vêm azar, se eu quiser serei mais do que aquilo que vêm em mim.

 

Sim, irei correr atrás de sonhos impossíveis aos vossos olhos, irei cair, chorar, irei colocar o mundo todo no lixo, irei recuar e desejar não ter chegado onde cheguei... Eu irei, eu sei, mas também sei que irá durar pouco estes maus momentos.

 

Afinal, já passei uma grande barreira contra mim mesma, as outras são frágeis paus de madeira.

 

Aprendi que se não for eu a puxar por mim mesma, ninguém puxa e andaria por caminhos escolhidos por outrem.

 

 

Sabem? Não quero saber. Deixem-me errar, se for o caso.

 

 

 

O maior orgulho? Sem dúvida, vocês minhas meninas. Somos as melhores! ^^


Um pequeno canto, sabes aquele sitio ? Como é que explico . . . A tua pequena bolha que te separa do mundo na qual pensas, reflectes, sais de ti . . . Voas ! Quando te sentes verdadeiramente livre.
mais sobre mim
Agosto 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
14

16
18
19
21
22

23
24
25
26
28
29

30
31


comentários recentes
tenho muito orgulho em ti <3
Adoro ler o que escreves, vai custar um pouco não ...
Olá mais uma vez, não tenho vindo aqui à tua bolha...
nao acredito ;(fg nem acredito k vou deixar de aco...
http://asnossaspalavrasperdidas.blogs.sapo.pt/Visi...
Será um dia melhor de certeza. =)
Oláá :D Venho só informar-te do meu novo blog : ht...
há vidas tristes.
Equilíbrio é fundamental para a nossa caminhada na...
Oláaa* Minha QuerIda Bolhinha* =)Ontem adormeci co...