Pensamentos Imperfeitos

Julho 22 2009


Eu passo e olham-me, desvio o meu olhar, não quero que o captem, é só para quem merece. Afinal o que é que eu tenho? Vá, digam-me. Emito luz? Emito conhecimentos assim só de vista? Estou mal penteada ou mal vestida? Tenho alguma coisa de mal? Pressentem coisas más ou boas? Porque é que olham?

 


Eu queria que não olhassem dessa maneira, não gosto portanto vou desviando o meu olhar, até ao dia... Até ao dia que captarás o meu olhar e não vou conseguir desviar, irás olhar por dentro e decifrar, vais provocar em mim a vontade saciante de querer conhecer-te e descobrir, vais provocar-me, tu sabes, tu conheces-me como ninguém...



Enquanto não tenho tempo para ti, enquanto o próprio tempo passa eu vou restabelecendo-me, vou encontrando a paz, a tranquilidade e o equilibrio. Tem de ser, se viesses já também não seria a altura mais correcta.



 


 

Estabelecer objectivos? Simplesmente sinto-me bem a ajudar os outros, a ouvi-los e conseguir que saiam um pouco da realidade restrita em que se encontram e encontrem outro caminho, não me sinto mal, não, em escolher este caminho. Já não me custa ouvir e ver as caras de desapontamento, não, simplesmente agora o que me deixa atrás sou eu. Não sei se conseguirei percorrer esse caminho que tanto anseio, acho-me fraca. Não sei se tenho estofo, se já cai então será mais fácil ter sucessivas quedas.


 

 

Tenho dias que sou a pessoa mais positiva, outros que simplesmente não acredito em mim.

 

Está quase e tenho medo.


Julho 13 2009

 

No silêncio das estrelas deixaste-me estar, no silêncio da noite fico por aí, talvez perdida sem nada a fazer. Rebolo e rebolo, tento adormecer porque assim o tempo passa mais depressa. Imagens, recordações, momentos passam na minha cabeça como se de um filme se tratasse. Olho para o "a seguir", Meu Deus, tanto para fazer, tantos mistérios que até fazem moça, tantos segredos, tantas interrogações! Depois passo para o "agora" onde nada se desmistifica, apenas corre como o sangue nas veias. Não sei o que queres que te diga Coração meu, nem faço a mais pequena ideia. Olha para mim, directamente para os meus olhos. Olha na profundidade da alma e diz-me o que vês que eu estou confusa e quase cega. Se me vendaram os olhos por dentro? Só se fui eu mesma mas, por agora ajuda-me a não cair e leva-me pela tua mão quente, na qual tantas vezes confiei o mais profundo de mim. Houve momentos sim, apenas teus e meus, oh se houve! Não queiras sair do meu peito, caminhando mais depressa que eu, anda ao meu ritmo, anda, não me deixes.

 

 

 

 

E sim, sinto a alma irrequieta !

 

 


 

Hoje 2 horitas de condução para perder o medo logo pela manhã! ^^

Hoje cinema, sentindo-me bem, e não, não me escapas! xD (amanhã vai ser bonito!)

Hoje falando com a minha Nês ao telefone, que me faz rir e rir.

Hoje também ler, "O vendedor de Sonhos"

 

(Cheguei a esta fase! Candidaturas ! Nunca pensei recear tanto. =S )

 

 

 

Hoje acordei com um sorriso disfarçado, hoje o dia em princípio irá correr melhor!

 

 

 

 

"A tua ajuda é preciosa e, claro, ajudo-te sim."


Maio 28 2009


Não sei o que me espera nem o que esperam de mim. Uma única coisa eu sei, irei viver feliz, por ti, por mim, por todos nós.

 

Outra coisa eu tenho a certeza, irei alcançar o apogeu da felicidade a cada final de ciclo que irei completar, porque desde que queira tudo é possível.

Um dia terei uma agenda igual à sua, cheinha de coisas para fazer, são orientações de estágios, são consultas, trabalhos e relatórios para entregar para o dia de ontem (que acho fantástico!), são minutos de pausa entre as consultas para "equilibrar", será uma vida de stress de um lado para o outro a fazer exactamente aquilo que desejo fazer, é o chegar ao fim e dizer que "não trocaria por nada a minha profissão!". Eu sei, o mundo lá fora está dificil, mas quem disse que sou fraca ao ponto de desistir? De não conseguir? Eu, sou eu e basta. Irei fazer aquilo que me preencher o coração de modo a atingir o tal apogeu, nem que seja pelo caminho mais dificil. Para mim a vida não tem piada se for pelo mais fácil, afinal que prazer nos dava se tudo fosse alcançado com facilidade? Chegariamos ao fim com um vazio, faltou-nos lutar, cair, esborracharem-nos, atropelarem-nos, darem-nos a mão, aprendermos com os nossos erros...

 

 

Afinal como será o dia de amanhã?

Magnífico. Pode não ser cheio de alegria, pode ser só choros e almas vazias, mas isto significa algo, significa que estamos vivos, que sentimos e que possuímos a capacidade para vivenciar os dois lados.

Somos mais que corpos falantes, que se movimentam e agem de acordo com as horas. Somos seres pensantes, e somos capazes de ser ainda mais que isto. Podemos alcançar a eterna e pura essência de ser como somos, maravilhados com o poder da mente, de navegar pelas suas raizes e contra-curvas.

 

A minha vida não é apenas vivida, eu a cada dia enriqueço e enriqueço, como uma grande amiga me diz "Acho que pensamos demais.". Penso demais mas não me importo; há pessoas que vivem tudo ao limite, vivem o agora sem pensar no futuro, talvez eu seja demasiado consciente mas, não me importo, gosto desta conservação de mim mesma e do meu maravilhoso mundo. Gosto de ter presente o meu objectivo e aquilo que me faz verdadeiramente feliz.

 

Nunca fui de excessos, e não me importo de ser assim.

Olho para tudo e digo a mim mesma: "És demais! "

Vida minha, puxa por mim, vá deixa-me enveredar pelos teus labirintos e pelos teus obstáculos gigantes. De ti não tenho medo, posso ter receio, medo... Não, já me mostra-te do que é que eu preciso de ter medo, o resto é nada, são pequenas coisinhas !

 

 

Míseros grãos, pós de areia que querem colocar-se à frente da nossa vista, meus queridos comigo vão fora !

 

 

Acreditem que, se eu consigo, vocês também. Tal como eu, são demais também, e capazes de moverem montanhas e desertos.

 

Porque tu, eu e nós vivemos como ninguém.


Maio 21 2009

Não, não quero que contornem a pergunta.

É simples, de que cor ela é?

 

O mundo pode ser interpretado de tantas maneiras.

O modo como vejo é diferente do teu.

São tudo produções dos nossos sentidos.

Atrevo-me a dizer que tudo é demasiado irreal.

Como se, podendo mesmo tocar, não devessemos confiar demasiado.

 

 

Sendo assim, como é que teremos confiança nas simples coisas se a própria realidade apresenta-nos recheada de interrogações e falásias?

 

Toco na suavidade da minha almofada.

Cheiro o perfume da minha pele.

As velas acessas deixam um aroma doce nesta divisão.

Oiço o som de vozes.

A claridade fere-me os olhos.

As pessoas dão-me encontrões.

Sinto o chão nos meus pés.

Até que ponto isto será verdade?

 

 

Páro. Escuto. Olho. Deixem-me embrenhar nos meus sonhos e dúvidas. Deixem-me embranhar na minha melancolia e na minha exaltação repentina. Deixem-me. Deixem-me crescer e provar a mim mesma que não sou assim tão má.

 

Têm duas escolhas ao cruzarem o meu caminho,

Continuam no vosso e não fazem caso ou

Partilham comigo parte das minhas vivências, aprenderei com vocês, sem dúvida, e nunca vos colocarei de parte.

 

 

Um novo ano a acabar (depressa, finaliza!).

Uma nova etapa a começar.

Tempo para respirar? Inspirei profundamente, tenho mesmo assim medo porque vejo que tudo é demasiado grande para mim mas . . .

 

 

Não posso ser picuinhas, nada me vai derrubar, abalar até pode, mas nunca deixar-me cair. O mundo fora daqui é outro mundo, o mundo fora daqui é cruel e enorme aos nossos olhos.

Força psicológica e acima de tudo, Confiança em Nós Mesmos!

 

 

 

 

Vem, não tenhas medo. Dá-me a tua mão, caminharemos juntas Ana.

publicado por Bolha às 21:14

Um pequeno canto, sabes aquele sitio ? Como é que explico . . . A tua pequena bolha que te separa do mundo na qual pensas, reflectes, sais de ti . . . Voas ! Quando te sentes verdadeiramente livre.
Photobucket
mais sobre mim
Agosto 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
14

16
18
19
21
22

23
24
25
26
28
29

30
31


comentários recentes
tenho muito orgulho em ti <3
Adoro ler o que escreves, vai custar um pouco não ...
Olá mais uma vez, não tenho vindo aqui à tua bolha...
nao acredito ;(fg nem acredito k vou deixar de aco...
http://asnossaspalavrasperdidas.blogs.sapo.pt/Visi...
Será um dia melhor de certeza. =)
Oláá :D Venho só informar-te do meu novo blog : ht...
há vidas tristes.
Equilíbrio é fundamental para a nossa caminhada na...
Oláaa* Minha QuerIda Bolhinha* =)Ontem adormeci co...