Pensamentos Imperfeitos

Julho 22 2009


Eu passo e olham-me, desvio o meu olhar, não quero que o captem, é só para quem merece. Afinal o que é que eu tenho? Vá, digam-me. Emito luz? Emito conhecimentos assim só de vista? Estou mal penteada ou mal vestida? Tenho alguma coisa de mal? Pressentem coisas más ou boas? Porque é que olham?

 


Eu queria que não olhassem dessa maneira, não gosto portanto vou desviando o meu olhar, até ao dia... Até ao dia que captarás o meu olhar e não vou conseguir desviar, irás olhar por dentro e decifrar, vais provocar em mim a vontade saciante de querer conhecer-te e descobrir, vais provocar-me, tu sabes, tu conheces-me como ninguém...



Enquanto não tenho tempo para ti, enquanto o próprio tempo passa eu vou restabelecendo-me, vou encontrando a paz, a tranquilidade e o equilibrio. Tem de ser, se viesses já também não seria a altura mais correcta.



 


 

Estabelecer objectivos? Simplesmente sinto-me bem a ajudar os outros, a ouvi-los e conseguir que saiam um pouco da realidade restrita em que se encontram e encontrem outro caminho, não me sinto mal, não, em escolher este caminho. Já não me custa ouvir e ver as caras de desapontamento, não, simplesmente agora o que me deixa atrás sou eu. Não sei se conseguirei percorrer esse caminho que tanto anseio, acho-me fraca. Não sei se tenho estofo, se já cai então será mais fácil ter sucessivas quedas.


 

 

Tenho dias que sou a pessoa mais positiva, outros que simplesmente não acredito em mim.

 

Está quase e tenho medo.


Fevereiro 05 2009

O tempo por vezes escurece. O sorriso foge de tão gélido é o mundo . A disposição para toda esta realidade vai-se, desaparece.

Refugiamo-nos no nosso mundo.


De fora os outros olham para nós e apenas vêm um olhar que não tem brilho . . . Pensam por milésimas de segundo no que se passará ( isto claro só para alguns, porque há aquelas almas que parecem que têm vendas e apenas olham para si! ), mas no momento seguinte esquecem-se. Afinal -pensam estas pessoas- é o outro, ele é que está assim, se precisar mesmo pede ajuda ou consolo. Não sei como é que não lhes preocupa um olhar vazio, sem brilho. A mim afecta-me . . .


 

Também custa quando quem tem esse olhar sou eu e ninguém percebe, quando podemos estar numa sala recheada de gente, falarem connosco e não traduzirem o nosso olhar.

Era apenas um abraço, um ombro. Nada mais.


Isto tudo para dizer que o mundo é cruel, que as pessoas não são humanas umas com as outras! Não gosto, odeio como, por vezes, cada um lida como o outro!



O olhar traduz a nossa alma. Os olhos são uma abertura para o outro, um novo mundo.


Se estamos vazios por dentro, se apenas nos sentimos bem quando estamos com alguém, necessitamos de cultivar pequenas flores dentro de nós. Vamos a esse longo caminho! Vamos criar o nosso mundo, orgulhar de tudo o que vamos fazer. Derrotas, vitórias alegrias e tristezas.


Avançar !

Correr mundo Fora ! ^^

publicado por Bolha às 14:19
Tags: ,

Um pequeno canto, sabes aquele sitio ? Como é que explico . . . A tua pequena bolha que te separa do mundo na qual pensas, reflectes, sais de ti . . . Voas ! Quando te sentes verdadeiramente livre.
Photobucket
mais sobre mim
Agosto 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
14

16
18
19
21
22

23
24
25
26
28
29

30
31


posts recentes

Apenas Isso.

Olhar .

comentários recentes
tenho muito orgulho em ti <3
Adoro ler o que escreves, vai custar um pouco não ...
Olá mais uma vez, não tenho vindo aqui à tua bolha...
nao acredito ;(fg nem acredito k vou deixar de aco...
http://asnossaspalavrasperdidas.blogs.sapo.pt/Visi...
Será um dia melhor de certeza. =)
Oláá :D Venho só informar-te do meu novo blog : ht...
há vidas tristes.
Equilíbrio é fundamental para a nossa caminhada na...
Oláaa* Minha QuerIda Bolhinha* =)Ontem adormeci co...